Quercus e Ecodepur® oferecem E.T.A.R. compacta ao município de Almodôvar

O Município de Almodôvar foi o vencedor do concurso lançado pela Quercus e pela Ecodepur® e receberá uma E.T.A.R. compacta para tratar adequadamente os efluentes da localidade de Santa Cruz que estão atualmente a poluir o rio Vascão.

 

Pesou na decisão do júri o impacte positivo que terá a sua instalação na conservação do Saramugo, um pequeno peixe protegido mas ameaçado de extinção, numa área que está classificada como Sítio de Importância Comunitária da Rede Natura 2000 (SIC Vale do Guadiana) e como Sítio RAMSAR.

 

De salientar que este pequeno peixe de água doce é particularmente sensível à poluição, a qual, em conjunto com outras ameaças, como a proliferação de peixes exóticos invasores e predadores, a degradação da galeria ribeirinha, a vulnerabilidade às alterações climáticas, a construção de açudes e barragens e extração de água e de inertes, pode levar à extinção de uma espécie que só ocorre em Portugal e em Espanha, na bacia hidrográfica do rio Guadiana e numa sub-bacia do rio Guadalquivir. Ficaram em segundo e terceiro lugares, respetivamente, o Município de Arganil e o Município de Alcoutim.

 

Com este concurso, que decorreu entre 23 de março e 22 de maio, pretendeu-se demonstrar que é possível, sem desculpas por parte dos nossos decisores políticos, cumprir a meta de 90% da população portuguesa com águas residuais tratadas até 2020, com base na definição de uma estratégia descentralizada para o tratamento dos efluentes urbanos em pequenos e médios aglomerados populacionais do território nacional, utilizando para tal tecnologia e recursos de empresas portuguesas, como os que são apresentados pela Ecodepur®, e alocando para o efeito apenas 103 milhões de euros do próximo Quadro Comunitário de Apoio.

 

Esta ação foi desenvolvida no âmbito do Projeto “dQa -Cidadania para o acompanhamento das políticas públicas da água”, um projeto apoiado pelo Programa Cidadania Ativa – EEA Grants, gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian, e que tem como parceiros a APA – Agência Portuguesa do Ambiente e a ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos, tendo sido registados um total de 51 candidaturas provenientes de autarquias de todo o País, provando não só o muito que há a fazer no tratamento das águas residuais em Portugal, mas também o forte empenho dos Municípios e das Juntas de Freguesia em resolverem problemas que têm décadas sem qualquer solução e que colocam em causa a qualidade da água e os compromissos de Portugal no cumprimento da Directiva Quadro da Água perante a União Europeia.

Nome Produto (Obrigatório)
Seleccione se é Empresa ou Particular (Obrigatório)
Empresa
Nome de Contacto (Obrigatório)
Telefone (Obrigatório)
Localidade (Obrigatório)
Mensagem
Transcreva os seguintes números: 7723
Fechar